Metodologias Ágeis: o que não te contaram sobre elas!

Escrito por: Cotidiano Aceleradora

26 de maio de 2022

Pessoas estudando sobre metodologia ágeis

Quem trabalha com projetos sabe muito bem quais os desafios que acompanham cada um deles. Lidar com a responsabilidade de garantir a máxima qualidade e atender ao prazo de entrega do que foi proposto são apenas alguns deles. As metodologias ágeis foram criadas para ajudar aos encarregados nessa jornada.

Esse tipo de sistema tem como objetivo alinhar as equipes envolvidas a partir de uma comunicação eficiente, fazendo com que todos estejam conectados com os objetivos da empresa e com as suas metas. Quando todos conhecem os propósitos da organização e o seu papel para cumpri-los, o processo se torna mais fácil.

Neste post falaremos da importância das metodologias ágeis e como elas impulsionaram a adoção de boas práticas para otimizar os processos dentro de cada projeto. Continue conosco nos próximos parágrafos. Boa leitura!

O que são as Metodologias Ágeis?

As metodologias ágeis são maneiras de conduzir projetos com mais celeridade tanto para as etapas quanto para a conclusão. Seu objetivo é trazer mais agilidade aos fluxos do trabalho, eliminando do caminho o máximo de obstáculos possível, agregando interação ao projeto.

Essa deve ser a realidade do projeto durante todo o seu trajeto, desde o seu processo de criação até a sua conclusão.

Todo esse movimento viabiliza que um negócio se torne cada vez mais competitivo no mercado, além de mais eficiente. Na verdade, todos saem ganhando: a empresa ganha em investir em algo que agrega valor ao seu produto ou serviço e o consumidor, sendo diretamente beneficiado com uma solução de alta qualidade.

Os benefícios na verdade vão muito além. Uma marca que consegue se transformar num nome que é sinônimo de inovação atrai os olhares e investimentos de pessoas da área, além de despertar o interesse de outros profissionais que se identificam com as práticas das organizações ágeis. Como consequência, essas são procuradas por diversos candidatos como sendo lugares em que eles gostariam de trabalhar.

Como são estruturadas as metodologias ágeis?

Ao longo de anos as empresas adotaram longos sistemas de trabalho que, por mais que fosse definido, ainda faltavam algumas informações para enriquecer o projeto e direcionar os seus participantes quanto aos caminhos que eles deveriam seguir. 

A proposta das metodologias ágeis é diminuir o trajeto percorrido pelos responsáveis dos projetos em todos os sentidos, desde a redução dos processos até o tempo de duração da tarefa, bem como o seu prazo de entrega. Com isso, sobra tempo e demais recursos para que o foco esteja nas oportunidades de melhoria e no alinhamento dos times.

Com isso, encontrar falhas nos projetos tornou- se ainda mais fácil, já que o trabalho como um todo se tornou mais ajustável. Desse modo, cada integrante executará uma mesma ação de formas variadas. Isso ajudará a estabelecer um meio para gerar resultados cada vez mais positivos.

As metodologias ágeis estão fundamentadas em 4 pilares:

Comunicação – as pessoas e os seus convívios vão muito mais além do que sistemas e ferramentas;

Funcionalidade – o funcionamento dos programas deve ser percebido com algo muito mais além do que uma documentação extensiva;

Parceria e alinhamento de expectativa – os clientes colaboram muito além do momento da assinatura dos contratos;

Flexibilidade e adaptação – equiparar-se às mudanças é muito mais do que trabalhar alinhado a um planejamento.

Quais os benefícios de trabalhar com as metodologias ágeis?

No decorrer da jornada é possível que haja realização de testes com uma certa frequência com o intuito de trazer mais eficiência aos sistemas utilizados. Isso viabiliza uma série de benefícios que jamais seriam possíveis em práticas de empresas mais tradicionais.

Acompanhe agora os principais benefícios em adotar as metodologias ágeis na estratégia da sua empresa.

Entregas rápidas

É inegável observar que os processos se tornam mais eficientes e ágeis e isso se reflete tanto na execução quanto na entrega dos projetos. Só é possível chegar a esse nível porque o cliente acompanha de perto cada passo e consegue validar o projeto em fases diversas.

Agindo dessa forma, caso algum erro seja percebido, a correção será feita de forma simples e prática, agindo apenas dentro da etapa onde a falha ocorreu.

Qualidade do projeto

Logo no início do texto falamos sobre essa ser uma das preocupações dos responsáveis pelos projetos. Quando se trabalha com metodologias ágeis é mais fácil alcançar um desempenho ainda maior, já que o contato com os clientes é constante e sua participação afeta diretamente a qualidade final da sua solução.

Como consequência, você terá um cliente totalmente satisfeito e que te indicará sem qualquer esforço para outros novos clientes.

Autonomia e produtividade

Uma das vantagens da utilização das metodologias ágeis é que as equipes não precisam perder tempo com processos burocráticos, uma vez que todos eles foram descomplicados. Dessa forma, é possível trabalhar em prol do desenvolvimento de outra solução mais eficiente e completa para a organização.

Outro ponto importante é que você deve saber que seus colaboradores terão mais autonomia para resolver situações em que você ou qualquer outro gestor não precisa estar presente para tomar uma decisão

Personalização

Trabalhar com as metodologias ágeis possibilita a participação do cliente. Sendo assim, ele terá espaço para sugerir melhorias, elogiar algo já realizado e até mesmo alguns ajustes que considere importantes para o sucesso do projeto. 

Com isso, é possível observar que o projeto vai ganhando espaço para personalização. Por exemplo, se o seu negócio desenvolve e confecciona produtos, é certo que ele ficará cada vez mais próximo com o que o seu cliente espera da marca.

Quais são as principais metodologias ágeis?

Agora que você já sabe o conceito e os principais benefícios, é hora de conhecer as principais metodologias ágeis e analisar qual delas tem mais conexão com o seu negócio.

#01. Scrum

Considerada uma das metodologias ágeis mais populares, o Scrum é uma ferramenta utilizada para dar suporte à gestão quando se tem projetos com tempo de duração e entrega menores.

O Scrum é aplicado nas empresas da seguinte forma: ciclos são criados, também conhecidos como sprints e se referem aos intervalos de tempo para a elaboração de cada etapa. Ao término de cada uma delas é feita uma revisão para validar o produto ou serviço. Só assim é possível avançar para a próxima etapa.

#02. Kanban

Essa metodologia é formada por checklists e permite aos envolvidos observar o cenário completo do projeto ainda em desenvolvimento. 

A aplicação do Kanban é mais simples do que você pode imaginar. basta criar um quadro, dividindo-o da seguinte forma:

  • To Do – atividades que precisam ser realizadas;
  • Doing – atividades que estão sendo realizadas;
  • Done – atividades que já foram realizadas.

O intuito dessa metodologia é acompanhar o avanço do projeto, sem obstáculos ou pressões

#03. Lean

Caso você necessite de uma das metodologias ágeis para um projeto mais enxuto, a melhor opção é o Lean. Esse método é bastante conhecido no cenário das startups. O intuito do Lean é a identificação de algum problema da organização ou apenas do projeto.

Isso requer algumas ações logo em seguida, como redução de custos, aumento da produtividade da equipe e mais eficiência no compartilhamento de informações.

Para aplicá-lo é necessário seguir os 3 passos:

  1. Construir;
  2. Medir;
  3. Aprender.

#04. Smart

Essa metodologia é indicada para quem necessita criar um projeto mais realista possível e caiba no orçamento atual da empresa. Tem como base 5 premissas cujos nomes começam com as letras que formam a palavra SMART:

S (specific) – objetivos específicos, devendo cada um deles ser atingido por vez para evitar conclusões precipitadas;

M (measurable) – os objetivos são completamente mensuráveis;

A (attainable) – metas objetivas e alcançáveis;

R (relevant) – as metas devem ter relevância para o resultado final da empresa ou do projeto:

T (time-related) – definição de um prazo limite para entrega do projeto para que a equipe mantenha o foco e a produtividade até o final.

Conclusão

As metodologias ágeis são ferramentas essenciais para quem deseja desburocratizar os processos internos das organizações, tornando-os mais ágeis e cada vez mais competitivas.

Gostou do conteúdo? Acompanhe o nosso blog para aprender muito mais! Nos vemos no próximo post!

Inscreva-se no CAMP10

Artigos Relacionados

Aceleradora de empresas: mais que uma escolha, uma necessidade

Aceleradora de empresas: mais que uma escolha, uma necessidade

Uma aceleradora de empresas é uma organização com foco em alavancar o potencial de crescimento que um negócio possui. Esse tipo de empresa integrou o universo empreendedor há pouco tempo, mas sua relevância é imensurável. Geralmente ela é formada por empreendedores e...

3 benefícios dos programas de aceleração de startups

3 benefícios dos programas de aceleração de startups

Durante o processo de desenvolvimento de startups é comum que surjam desafios pela frente, a começar pela fase de validação da ideia, passando pela definição do modelo de negócios até o momento de apresentar a solução para clientes, parceiros e investidores. Conhecer...