Gestão empresarial e inovação: como se adaptar ao mercado

Escrito por: Cotidiano Aceleradora

7 de janeiro de 2022

Pessoas conversando sobre gestão empresarial

A gestão empresarial é uma expressão utilizada para dar nome ao processo administrativo de ações estratégicas diversas. 

Elas são aplicadas com o intuito de reparar as falhas, medir resultados, avaliar os problemas e trabalhar para que erros não aconteçam e/ou se repitam.

Agregar novos recursos e ferramentas para otimizar os processos e obter melhores resultados é uma boa opção para as organizações. Aliar inovação à gestão empresarial é não é mais sinônimo de antecipar-se ao futuro, mas de se enquadrar ao presente.

Neste post falaremos como modernizar os processos pode gerar bons resultados para a sua marca. 

Boa leitura!

O que é gestão empresarial?

Gestão empresarial é um agrupamento de métodos aplicados para alavancar os resultados de uma empresa. As técnicas levam em conta as finanças, a organização e a maneira como uma marca se relaciona com o seu público-alvo.

O intuito da gestão empresarial é potencializar a performance da empresa mensalmente ou anualmente. É comum que o papel do gerenciamento organizacional seja direcionado para os supervisores ou diretores. 

Com isso, eles compartilham  as informações com suas equipes, de modo que elas avaliem tudo o que já foi feito até o momento, mudando a sua forma de trabalhar voltando suas ações para gerar aumento da lucratividade.

Quando a companhia conta com uma gestão empresarial eficiente ela estabelece o rumo do seu negócio. Por isso, é fundamental que os empreendedores tenham ciência da gestão empresarial e como todas as áreas são impactadas direta ou indiretamente.

Isso só colabora para reforçar a necessidade de um gerenciamento eficiente voltado a evitar problemas que podem acontecer no decorrer dos anos.

Quais os benefícios de uma gestão empresarial eficaz?

Quando a gestão é feita de forma adequada todos os envolvidos no processo ganham vantagens diversas. Acompanhe as principais delas.

Definição de objetivos específicos

Diante de uma organização administrada com excelência, os gestores podem estabelecer novos objetivos com finalidade bastante objetiva. Além disso, é preciso motivar a equipe para que o engajamento com as metas da empresa aconteça de forma espontânea.

Isso só é possível quando todos entendem as metas da organização e compram  causa para si. Para isso acontecer é essencial compartilhar os objetivos com todos os detalhes possíveis de modo que a compreensão seja facilitada.

É importante destacar que olhar para um cenário futuro e planejá-lo só é possível quando os responsáveis conseguem enxergar em qual ponto a empresa se encontra no presente.

Crescimento dos resultados 

A gestão empresarial impacta positivamente os processos de uma empresa, os colaboradores, os números obtidos e a procura por potenciais clientes.

Cada benefício recebido deve ser desfrutado e pelos gestores que almejam conquistar um segmento específico.

Diminuição de gastos 

Uma empresa que conta com uma boa gestão empresarial entende a importância da redução de custos, principalmente dos que não precisavam acontecer.

Por outro lado, há também os imprevistos e se a organização não estiver preparada para lidar com eles os transtornos podem ser diversos.

Por que a gestão empresarial deve apostar na inovação?

Pense rápido: o que deseja uma empresa quando ela investe tempo, dinheiro, pessoas e demais recursos à sua volta?

Certamente, esta organização verá a potencialização dos seus resultados a partir de uma única ação: inovação.

A inovação chega quando a empresa compreende a importância de incorporar novas estratégias e recursos para atrair resultados diferentes. Quando ela inova, tem em mãos um produto ou serviço, ou mesmo um modelo de negócio repaginado que atenderá às novas necessidades do mercado, diferenciando-se das demais organizações,

Sua empresa já trabalha e investe na inovação a seu favor? Isso significa que ela acredita no trabalho e na melhoria contínua dos seus processos para torná-la mais competitiva.

Inovar acarreta nos seguintes resultados:

  • mais rentabilidade;
  • receita extra;
  • novos clientes;
  • expansão do mercado.

Por outro lado, sem a inovação como aliada, a forma de trabalho não sofreria nenhuma alteração e, consequentemente, não teria qualquer  expectativa de crescer.

Para a gestão empresarial, inovar deve se tornar uma constante e não uma atitude única, algo que a companhia se dedique a executar ocasionalmente. O mundo muda a todo o tempo e sempre haverá outra pessoa, outra instituição que sairá à frente com alguma tática inovadora.

Como implantar uma cultura de gestão empresarial e inovação?

Estabelecer uma cultura de inovação pode se tornar um grande desafio para os gestores. Este processo resulta na divisão de novas ideias entre os membros da equipe e, ainda que sejam utilizados processos ágeis e de baixo custo para entregar melhores resultados para os clientes, pode se tornar algo complexo, por mais simplicidade que transpareça.

Toda organização já vivenciou experiências como: ver seus resultados se transformarem a partir da contratação de um novo gestor ou tornar um produto ou serviço mais atrativo. A inovação é um grande aliado para alcançar estes resultados de forma isolada ou simultânea.

Apesar de que ainda não exista um recurso mais fácil ou um modelo correto para desenvolver uma cultura de inovação, atitudes práticas do dia a dia podem ajudar nesta construção, como você verá a seguir.

Estimule a cooperação entre os colaboradores

Para modernizar negócios tradicionais, geralmente, não precisa de recursos externos. Até porque, mudar a forma de ser e agir de uma empresa mais conservadora requer planejamento e cuidado.

Muitas vezes, o que é necessário para dar o primeiro passo rumo à inovação é o simples ato de dar voz a quem é indispensável na jornada: os colaboradores. O seu cliente interno é a pessoa que mais pode ajudar a transformar a sua marca através das suas ideias.

Mais do que criar oportunidades para ouvi-los, é fundamental incentivar que eles conversem entre si e também com a participação dos principais gestores da companhia. Você pode criar um programa onde, mensalmente, estas pessoas se encontrem para ouvir umas às outras. A troca de experiências e de pontos de vista será muito rica e proveitosa para todos.

Visualize e adote a tecnologia como parceira

Na gestão empresarial é praticamente impossível não pensar em tecnologia quando se ouve ou menciona a palavra inovação.

Isto acontece porque nós sabemos o quão benéfico é para os processos rotineiros contarem com soluções que simplificam a vida das pessoas independente do ambiente em que estejam.

É comum que algumas instituições ainda sejam mais resistentes a implementar a tecnologia no seu dia a dia. O mesmo vale para os profissionais de segmentos diversos. 

Alguns temem que o capital humano possa ser substituído pelas soluções digitais ou apenas têm receio de usar um programa quando seu método tradicional entrega o que cumpre.

Nestes casos é necessário realizar um trabalho de caráter educativo visando compartilhar informações relevantes sobre a tecnologia e de como elas podem agregar ainda mais valor ao talento das pessoas, aumentando a eficiência do negócio.

Utilize métodos para instigar a inovação

Você pode estar em uma empresa com ideias incríveis que ajudarão a alavancá-la no mercado. Porém, se elas não se fizerem da forma adequada, não conseguirão expressar o real valor e como podem ajudar na solução de problemas e na obtenção dos melhores resultados.

O que você pode fazer é, além de criar oportunidades para todos cooperarem com suas sugestões, fornecer as ferramentas ideais para serem apresentadas o melhor possível.

Por esse motivo é indispensável investir em ferramentas que estimulem a inovação na sua organização, como, por exemplo, 5W2H, Diagnóstico da Inovação, Design Thinking, entre outras.

Crie canais de comunicação interna

Outro grande desafio para os líderes e empreendedores é lidar com a “comunicação informal” que circula em suas instalações. Não importa qual seja o porte da organização, este é um problema comum a todas elas.

Fofocas e outros tipos de conteúdos são extremamente nocivos para o ambiente de trabalho, impactando negativamente o funcionamento e o desempenho da empresa, já que as pessoas costumam comprar a ideia de realidade sobre aquilo que ouvem, ainda que sua veracidade seja contestada.

Para evitar ou tratar este tipo de situação é importante criar canais de comunicação interna, onde a companhia possa “conversar” com os seus funcionários sobre o que acontece, integrando-os aos seus processos, eliminando qualquer brecha para disseminação de informações inverídicas e desnecessárias.

Conclusão

Agora você já sabe que gestão empresarial e inovação caminham de mãos dadas. Este é o caminho mais indicado para quem busca maiores resultados e melhores desempenhos. Só é possível alcançar estes objetivos através de ações inovadoras.

Esperamos que tenha gostado do conteúdo de hoje e seja bastante útil para a sua empresa inovar e crescer cada vez mais. No nosso blog temos outros conteúdos que te ajudarão neste processo. Faça uma visitinha e confira outros artigos. Até mais!

Inscreva-se no CAMP10

Artigos Relacionados

Aceleração corporativa: 3 dicas de como alcançar voos mais altos

Aceleração corporativa: 3 dicas de como alcançar voos mais altos

No mercado atual, a busca por métodos realmente inovadores vem se tornando uma prioridade para os gestores dos mais diferentes modelos de negócios. Desta maneira, muitas empresas estão comprometidas a investir em novos projetos, o que também ocorre por meio da...