Descubra a importância da gestão de inovação para startups e se destaque no mercado!

Escrito por: Cotidiano Aceleradora

3 de novembro de 2021

Pessoas comentando sobre gestão de inovação para startups

Em um mercado cada vez mais competitivo, a inovação vem se tornando um motivo de preocupação entre os gestores brasileiros.

Com isso, conforme as práticas inovadoras vão sendo mais cogitadas, torna-se extremamente importante garantir uma boa gestão de inovação para startups.

No caso das startups, a inovação precisa estar presente no DNA.

Afinal de contas, as startups são normalmente desenvolvidas por meio de um sistema dinâmico de gestão, que torna a inovação um instrumento que contribui para resolver um determinado problema na sociedade.

Assim, é possível garantir mais competitividade no mercado atual.

E não tem outro jeito, uma empresa que não consegue se manter competitiva no mercado dificilmente vai se deparar com um crescimento acelerado e eficaz.

Desta maneira, se você como gestor ainda não conseguiu colocar em prática uma boa gestão de inovação, é necessário ficar atento.

As startups que seguem um caminho inovador, o que deve ocorrer desde a sua idealização, conseguem se destacar no mercado com mais facilidade.

Se for exatamente isso que você busca para a sua startup, não deixe de ler esse texto até o final.

Vamos lá?

Primeiramente, você sabe o que é gestão de inovação?

Embora muitos gestores reconheçam que a inovação desempenha um papel fundamental no desempenho de qualquer empresa, nem todos sabem o que é, de fato, uma gestão de inovação.

Isso ajuda a explicar, por exemplo, os motivos que fazem com que a gestão de inovação não esteja presente em algumas startups.

Quando se trata de empreendedorismo, os desafios acabam sendo constantes para qualquer gestor, independente de qual seja o seu modelo de negócio.

Com isso, ao querer introduzir algo novo no mercado, uma boa gestão faz toda diferença.

E é exatamente por isso que a gestão de inovação pode ser considerada um conjunto de ações que são colocadas em prática para estimular o desenvolvimento, geração de ideias e organização co-criativa de uma startup.

No entanto, é importante levar em consideração que o leque de opções termina sendo muito grande.

É possível, por exemplo, encontrar soluções que ajudem a impactar positivamente o meio ambiente, principalmente quando percebemos que as preocupações ambientais estão cada vez mais presentes em nossa sociedade.

Por meio da gestão de inovação, uma startup consegue controlar melhor a responsabilidade social ou até mesmo garantir uma produção de itens que sejam, de fato, ecológicos.

Fora do contexto ambiental, as possibilidades também são muitas. Vamos supor que a sua startup atue no setor de transportes, certo? Pois bem!

Ao colocar uma boa gestão de inovação em prática, será possível encontrar com mais facilidades os caminhos corretos para existir uma desburocratização da logística no setor de caminhões, por exemplo.

Mas, afinal, quais são as principais vantagens da gestão de inovação para uma startup?

Agora que você já sabe como funciona a gestão de inovação na prática, chegou o momento de descobrir as principais vantagens geradas por esse mecanismo para as startups.

Em primeiro lugar, você deve ter em mente que as empresas inovadoras estimulam o desenvolvimento de ideias, além de sempre buscar gerar uma maior produtividade.

Com isso, cabe à estrutura da gestão trilhar as melhores formas de aperfeiçoar e colocar isso em prática.

Ou seja, podemos afirmar que a gestão de inovação é um mecanismo capaz de contribuir no desenvolvimento de ideias, dando o suporte e os materiais necessários.

Também é por meio de uma boa gestão de inovação que a criatividade é estimulada, o que garante uma série de benefícios para qualquer startup. Afinal de contas, a criatividade é um dos principais fatores que contribuem para o sucesso.

Além disso, uma boa cultura organizacional na empresa é desenvolvida com mais facilidade. Isso permite que os processos de trabalho fluam com mais leveza, além de promover uma maior integração entre os colaboradores.

Por fim, mas não menos importante, é possível investir melhor na cultura de feedbacks por meio de uma boa gestão de inovação. Ao fazer isso, sua startup vai conseguir incentivar os colaboradores de uma maneira eficiente.

E um profissional motivado consegue entregar resultados bem mais promissores, não é verdade?

O que devo fazer para melhorar a gestão de inovação na minha startup?

#01. Comece organizando o ambiente de trabalho

A gestão de inovação só dará os resultados esperados quando o ambiente de trabalho se tornar agradável e favorável.

Percebendo isso, muitas empresas estão se espelhando em bons exemplos, como é o caso dos ambientes do Go ogle, para conseguirem aumentar a produtividade da sua equipe.

Na prática, o clima de descontração no ambiente de trabalho é um dos melhores caminhos para aprimorar o clima organizacional.

Isso ajuda a compreender os motivos que levam os negócios a fazerem investimentos do tipo.

Ou seja, se você pode disponibilizar happy hours para sua equipe, salas de descanso, possibilidade de trabalhar com animais de estimação e outras vantagens como essas, é bem provável que a produtividade da sua equipe cresça de forma bastante considerável.

#02. Não deixe de oferecer um plano de carreira

Se o seu objetivo consiste em colocar em prática uma boa gestão de inovação, o plano de carreira não pode ser deixado de lado. Afinal, conforme a sua startup for crescendo, os colaboradores vão querer crescer também.

Portanto, não deixe de oferecer cursos profissionalizantes, processos de qualificação profissional e de disponibilizar outros benefícios para os seus funcionários.

Fazendo isso, sua startup só tende a ganhar. Por meio do plano de carreira, a empresa conseguirá atrair bons funcionários, além de incentivar o seu desenvolvimento.

#03. Garanta incentivos de criação para os colaboradores

Ninguém consegue fazer tudo sozinho, não é mesmo? Pois bem! Para garantir que os seus colaboradores estejam na mesma sintonia que você, é necessário estimular que eles criem.

As empresas que estão conseguindo conquistar um bom desempenho no mercado são justamente aquelas que investem na capacitação e motivação dos seus funcionários.

Ou seja, os colaboradores também precisam propor e liderar os mais diferentes projetos.

Ao despertar esse “espírito de dono” dos colaboradores, diversos benefícios surgem para todas as partes.

Desta maneira, os gestores devem compartilhar propósitos e incentivar a criação, o que normalmente ocorre por meio de autonomia e disponibilização dos recursos necessários.

#04. Elabore um bom plano de metas

Por fim, mas não menos importante, o gestor também deve se atentar em elaborar um bom plano de metas. Esse é um dos requisitos mínimos para potencializar o desempenho dos funcionários, além de garantir uma gestão de inovação mais eficiente.

Isso significa que a startup deve elaborar modelos que estruturam e definem processos padronizados que venham a contribuir para atingir metas em um curto, médio ou longo prazo.

Além disso, o suporte para a criação de metas precisa ser disponibilizado pela startup, o que ajuda a evitar que metas com prazos desproporcionais sejam colocadas em prática. Quando uma meta irrealista é desenvolvida, os processos acabam sendo prejudicados de forma bastante abrangente.

E não é isso que você quer para a sua empresa, não é verdade? Portanto, tenha em mente que toda ideia precisa de uma resposta e de uma solução.

Preparado para potencializar o desempenho da sua startup no mercado?

Se você gostou deste conteúdo e deseja aprender mais, basta dar um clique aqui para acessar o nosso blog, onde você vai encontrar uma série de outras informações importantes, ou entre em contato conosco, caso prefira. Até mais!

Inscreva-se no CAMP10

Artigos Relacionados

Passo a passo para construir um modelo de negócio para sua startup

Passo a passo para construir um modelo de negócio para sua startup

Um modelo de negócio eficaz é uma das maiores prioridades para as startups que desejam se manter competitivas no mercado. E para elaborar um modelo de negócio coerente e completo, é necessário levar em consideração as particularidades do seu negócio. Logo quando...

Como descrever os serviços da sua empresa para atrair melhores clientes

Como descrever os serviços da sua empresa para atrair melhores clientes

Você conhece bem a sua marca, mas saberia como descrever os serviços da sua empresa? Saber falar sobre cada ponto forte do serviço que o seu negócio oferece é fundamental para torná-lo competitivo e atrativo. Usando desse recurso, os potenciais clientes da sua empresa...