Desenvolvimento de produto: entenda porque você deve destacá-lo

Escrito por: Cotidiano Aceleradora

18 de fevereiro de 2022

Pessoas se organizando para fazer o desenvolvimento de produto

Em uma organização há diversos processos que abrangem o desenvolvimento de produto. É necessário gerenciar cautelosamente cada etapa para que tudo saia conforme planejado.

Nesse momento, contar com o suporte das áreas envolvidas é fundamental. O diálogo entre elas deve acontecer da maneira mais assertiva possível para não gerar transtornos que podem ir além dos muros da empresa.

Esse cuidado é parte crucial da jornada de desenvolvimento de produto. Isso porque os setores trabalham em conjunto, cada um responsável pela demanda que a área responde. Dessa forma, todas as tarefas são executadas com o mais alto nível de excelência. 

Além disso, é imprescindível contar com um bom planejamento antes de chegar ao ponto principal que é o tema central deste post. Hoje falaremos sobre a importância de destacá-lo em sua organização.

Boa leitura!

O que você precisa saber antes de partir para a fase do desenvolvimento de produto

Empreender é um exercício de coragem e muita dedicação. Sonhar em tirar do papel o seu projeto de criar e lançar um produto ou serviço no mercado é algo que vale a pena investir apesar dos riscos.

Entendemos a sua postura em defender com unhas e dentes o seu produto/serviço, exaltar todas as qualidades, listar todos os benefícios e o quanto facilitará a vida dos seus clientes. Mesmo que ele exista apenas no papel.

Porém, antes de iniciar definitivamente o processo de desenvolvimento do produto é importante analisar a viabilidade do projeto. Por mais incrível que seja a forma como você visualiza o produto ou serviço, ele precisará atender a alguns requisitos do mercado já que sua disponibilização visa atender as necessidades de um público específico.

Diante dessa observação você compreenderá o problema que está diante dos seus olhos e que também pertence ao seu público. O próximo desafio será obter o maior número de dados possíveis para criar a solução ideal para sanar as dores dos seus clientes.

6 etapas para destacar o desenvolvimento de produto na sua empresa

Conheça as principais estratégias para que o processo de desenvolvimento de produto seja  enfatizado na sua organização.

#01. Compreensão da relevância do desenvolvimento de produto

A elaboração de um novo produto, seja o primeiro ou uma nova linha é primordial para uma empresa. Além de ser um diferencial competitivo da marca, também é uma oportunidade para o aumento de receita.  

O desenvolvimento de produto também ajuda em outras necessidades da companhia, como, por exemplo, na redução de custos, expandir a gama de produtos e serviços ofertados, incorporar novas aplicabilidades e trazer inovação para o mercado e principalmente, para o consumidor final.

Até chegar às mãos do público, o produto será submetido a uma série de processos. É necessário passar por essa etapa para atender a vários requisitos que possibilitam a realização do projeto. 

#02. Definição da ideia

É a partir desse ponto que começa o desenvolvimento de produto. Tudo começa com a elaboração do direcionamento para a ideia. Tudo deve ficar muito bem definido, desde a infraestrutura necessária até demais itens relevantes, como a mensagem que ele deseja passar para o público.

Após estabelecer todas as metas que você deseja atingir com o seu produto/serviço, é viável trabalhar na implantação de pesquisas, determinar quais os recursos tecnológicos serão empregados, a quantidade de profissionais envolvidos e a possibilidade de realização do projeto considerando o orçamento disponível.

#03. Momento da implantação

O planejamento de um produto é parte integrante do desenvolvimento. Ele é fundamental para definir quais elementos farão parte, além dos custos e outros detalhes que fazem a diferença.

Por isso, não despreze nenhuma informação que considere importante, mesmo que sejam apenas insights. Registre tudo o que puder em todas as etapas do desenvolvimento do produto, desde testes até a escolha das embalagens.

#04. Dedique-se totalmente ao lançamento do seu produto/serviço.

Aqui a sua ideia começa a ganhar fôlego, pois é o momento em que o projeto migra para outro âmbito, pois o seu produto/serviço começa a ser fabricado e disponibilizado para o seu público.

Atenção máxima para a qualificação dos profissionais que fazem parte do projeto: certifique-se de que todos foram devidamente capacitados e estão aptos para colocar a mão na massa. 

Essa observação é importante considerando o avanço para a fase de homologação e abastecimento. O cenário é propício para aplicar os testes daquilo que já foi previamente planejado e implantado.

Para não ter nenhum transtorno nesse momento é importante determinar a matéria-prima e os equipamentos que serão utilizados. Esse gerenciamento é indispensável para garantir o controle do quantitativo produzido em caráter experimental. Isso ajuda na hora da disponibilização total do produto mediante aprovação do cliente.

Contudo, é importante fazer uma observação. O fato da liberação do produto/serviço para o mercado não simboliza que o produto alcançou a sua versão final. Há outros fatores externos que podem influenciar diretamente na sua performance.

#05. Diversifique o planejamento

Que é necessário estabelecer o conceito da elaboração do projeto isso você já sabe. O que talvez você desconheça é o fato de haver diferenças no planejamento no momento em que é necessário definir o objetivo do projeto.

Você precisará ter em mãos dados complementares adicionais que te auxiliarão no processo de estabelecer a meta pela qual o projeto existe, além de adequá-las ao cenário da sua organização.

#06. Acompanhe os resultados

Após percorrer todo esse caminho que exigiu muito esforço da sua parte e dos demais envolvidos, você não  quer saber de prejuízos, não é mesmo? A saída para evitar qualquer transtorno é acompanhar os resultados bem de perto.

Dessa forma é possível saber não só como o seu produto/serviço tem performado no mercado como também identificar possíveis falhas que podem impactar a qualidade do que a sua empresa oferta. Caso haja algum problema, você consegue corrigi-lo em tempo hábil.

No período de lançamento muitas coisas podem acontecer e que não constavam no seu planejamento. Por isso, atenção redobrada e acompanhar cada detalhe da movimentação do seu produto faz toda a diferença nessa hora.

3 erros para você evitar durante o processo de desenvolvimento do produto

Estamos finalizando o conteúdo de hoje, mas antes de irmos embora, deixaremos uma dica bônus para você. 

Para deixar ainda mais alinhado e assertivo o processo de desenvolvimento de produto, confira os 3 erros mais cometidos e que você deve evitá-los.

#01. Transformar todas as ideias em produto/serviço

Em algum momento da sua trajetória profissional ou até mesmo na vida pessoal, você já teve alguma ideia que parecia incrível, mas que não se concretizou? Provavelmente não se tratava de uma sugestão ruim, mas de algo que mercadologicamente não fazia sentido.

Como você percebeu, o desenvolvimento de produto ou de um serviço engloba uma série de etapas que visam garantir a máxima entrega das suas funcionalidades, atendendo às necessidades dos clientes.

Por esse e outro motivo é que a fase de testes não deve ser desconsiderada, já que será responsável por indicar a viabilidade de execução do projeto ou não.

#02. Seguir à risca o que os seus concorrentes têm praticado

Observar o mercado, as suas tendências e o que as empresas vizinhas têm feito é uma das formas de entender o que tem acontecido no segmento em que você atua.

Mas isso não significa que você precisa reproduzir fielmente os mesmos passos dados pelos seus concorrentes. Por mais que vocês estejam no mesmo nicho e ofereçam os mesmos produtos e serviços, o que uma faz pode não se aplicar às práticas das demais.

O objetivo do benchmarking é encontrar novas tendências e seguir o mercado naquilo que bom que ele vem praticando e não copiar os seus concorrentes.

#03. Ignorar a relevância dos esforços de marketing e vendas

Por melhor que seja o seu produto ou serviço, esteja ciente que ele  não se venderá sozinho. E isso não quer dizer que ele não tenha capacidade para tal. 

Da mesma forma que o desenvolvimento de produto pede estratégias, fazer com o que ele chegue até o cliente certo, da maneira certa também demandará  alguns investimentos por parte da sua empresa.

Contar com o trabalho das áreas de marketing e vendas é essencial para que sua marca alcance todos os objetivos possíveis. Juntas, elas criarão estratégias de comunicação para atrair os potenciais clientes e conduzi-los de forma inteligente até o momento da compra.

Conclusão

O desenvolvimento de produto é um processo importante que antecede o lançamento de um produto ou serviço no mercado, que abrange etapas fundamentais para que o projeto se concretize. Sem elas, é impossível agregar valor ao mercado entregando algo de qualidade que resolva os problemas das pessoas.

Se você gostou desse conteúdo, não deixe de visitar o blog da Coti para conhecer outros artigos que abordam temas relevantes para o universo das startups.

Inscreva-se no CAMP10

Artigos Relacionados

Aceleradora de empresas: mais que uma escolha, uma necessidade

Aceleradora de empresas: mais que uma escolha, uma necessidade

Uma aceleradora de empresas é uma organização com foco em alavancar o potencial de crescimento que um negócio possui. Esse tipo de empresa integrou o universo empreendedor há pouco tempo, mas sua relevância é imensurável. Geralmente ela é formada por empreendedores e...

3 benefícios dos programas de aceleração de startups

3 benefícios dos programas de aceleração de startups

Durante o processo de desenvolvimento de startups é comum que surjam desafios pela frente, a começar pela fase de validação da ideia, passando pela definição do modelo de negócios até o momento de apresentar a solução para clientes, parceiros e investidores. Conhecer...