Data driven: entenda porque ele está sendo tão procurado por empreendedores!

Escrito por: Cotidiano Aceleradora

11 de abril de 2022

Pessoas fazendo estudos sobre data driven

O mundo corporativo está cada vez mais tecnológico e a todo tempo novos recursos são implementados para otimizar os processos das organizações. Nesse contexto, uma ferramenta muito importante vem chamando a atenção dos empreendedores: o data driven.

Trabalhar com dados ajuda na estruturação de empresas de portes e segmentos variados em todos os âmbitos. No entanto, é importante saber que as informações coletadas são convertidas em conhecimento. A partir do levantamento de dados e da sua interpretação é possível tomar decisões importantes para o negócio com mais segurança.

Neste post você compreenderá o significado de data driven e a razão pela qual muitos empreendedores têm apostado no recurso. Boa leitura!

O que é data driven?

O termo data driven significa que todos os processos de uma organização acontecem com orientação para dados. Etapas importantes como o planejamento estratégico e a tomada de decisões não são feitas de forma aleatória, baseadas em experiências ou apenas no achismo dos responsáveis. É necessário a coleta e análises de informações para dar os próximos passos naquilo que a empresa deseja executar.

O data driven se originou a partir da ciência de dados, uma área que se dedica a aplicar métodos científicos e algoritmos para a conversão de dados, estruturados ou não, em conhecimento.

Estamos falando de algo que vai muito além de um recurso à disposição das companhias. Trata-se de uma metodologia que funciona como suporte aos empreendimentos auxiliando a perceberem o seu negócio de maneira mais concreta, possibilitando maior proveito das oportunidades e capacidade de antecipação de tendências e conflitos.

Para alcançar todos esses objetivos as empresas contam com ferramentas que realizam a coleta dos dados de fontes variadas, sejam elas internas ou externas. Ao final do levantamento as informações são comparadas no intuito de apresentar um cenário objetivo do mercado e também da empresa, para que todos os responsáveis ajam em prol  de melhorias.

Nas organizações o data driven é aplicado através de soluções como o Big Data, Inteligência Artificial e Machine Learning. A partir dessas ferramentas os empreendedores transformam seus negócios em algo mais competitivo que gera números impressionantes.

Entenda sobre a aplicação do data driven nas organizações

As empresas que trabalham com o data driven estão à frente das organizações tradicionais no quesito inovação e gestão ágil, já que utilizam os dados de forma integrada em cada um dos seus processos.

Em outras palavras, o data driven não armazena os dados em dispositivos, sejam móveis ou fixos. Cada informação é direcionada para um sistema central, viabilizando o acesso de todos os que tenham autorização para consultá-la a qualquer momento. Essa é uma maneira de descentralizar informações e a produtividade da empresa, que deixa de ser algo individual e passa a ser responsabilidade de todos.

Acompanhe agora como funciona o data driven nas empresas e de que forma ocorre a sua estruturação.

Pessoas

Para que o data driven opere adequadamente é fundamental que haja profissionais qualificados no assunto para oferecer todo o suporte necessário.

O Chief Data Officer, por exemplo, é um profissional de hierarquia sênior responsável pelo gerenciamento, armazenamento e utilização das informações. Porém isso não significa que basta apenas essa única mão-de-obra para fazer o data driven funcionar. Outros talentos devem juntar-se a ele para que juntos alcancem os melhores resultados.

Dados

Os dados são a base do data driven. A metodologia só funcionará se as informações estiverem devidamente organizadas e de fácil acesso para a equipe que vai manipulá-las. Dessa forma todos os envolvidos poderão aproveitar ao máximo as informações coletadas.

Tecnologia

Quanto mais a empresa se familiariza com o data driven, mais ela está preparada para acolher a tecnologia como peça fundamental para as transformações necessárias à organização.

O uso de recursos eficientes afetará positivamente a organização, promovendo uma empresa cada vez mais sustentável e lucrativa com o passar do tempo.

Independência

Ao adotar o data driven como estratégia a organização concede mais autonomia aos seus colaboradores, permitindo que suas decisões estejam fundamentadas na utilização dos dados.

É importante deixar claro que essa independência se aplica a qualquer cargo da organização, desde o mais operacional até o nível estratégico. As equipes necessitam de recursos personalizados ajustados às suas necessidades e viabilizem o rápido acesso aos dados, desde que haja coerência entre as ferramentas disponibilizadas e o que os colaboradores precisam.

A influência do data driven na tomada de decisões estratégicas

Um dos maiores desafios em implementar a cultura data driven nas empresas é a resistência de alguns gestores em compreender os benefícios da ferramenta para a organização. 

Há quem defenda a ideia de que não há qualquer diferença entre tomar decisões com base em informações precisas e trilhar o mesmo caminho influenciado por outros fatores sem fundamento. Existem profissionais que consideram a experiência em outras instituições, a reprodução fiel daquilo que o mercado vem praticando e a própria percepção dos cenários mercadológicos

Considerando que a competitividade do mercado está cada vez mais elevada e a busca das marcas pelo seu diferencial, desprezar a relevância do data driven é jogar fora as melhores oportunidades de se destacar entre os concorrentes.

A transformação digital e a evolução para o perfil consumidor 4.0 são alguns dos fatores responsáveis pelo mercado acirrado e a busca incessante em não apenas atender, mas também na antecipação das necessidades dos clientes. 

Nesse sentido, o data driven fornece todas as informações necessárias para que o seu negócio se posicione como uma marca pronta para lidar até mesmo com o público mais exigente.

Quais os benefícios do data driven para as empresas?

Ao aderir à cultura data driven aplicando a análise dos dados, a sua organização e todos os envolvidos ganham em diversos aspectos através das inúmeras possibilidades que a ferramenta oferece, como, por exemplo:

  • Identificação rápida das tendências do mercado;
  • Otimização dos processos;
  • Redução de custos;
  • Destacar-se da concorrência;
  • Foco no desenvolvimento de produtos e serviços que chamem a atenção do público;
  • Ações mais seguras;
  • Solidificação e segmentação do público.

3 passos para ajustar a cultura do data driven na sua empresa

Agora que você já sabe os pontos importantes sobre o data driven, é hora de aprender na prática como implementá-lo na sua organização em apenas 3 passos. Confira:

#01. Busque aprender sobre a interpretação dos dados

Essa é uma das etapas mais importantes da implementação do data driven. Quando a ferramenta não é utilizada corretamente pode implicar em uma série de transtornos. 

Uma das formas de subutilização do data driven é não contar com o apoio de profissionais qualificados para interpretar os dados coletados e empregá-los corretamente. Para evitar situações como essa, é preciso investir no treinamento e capacitação da equipe, preparar o time para aproveitar da melhor forma todas as informações em mãos.

#02. Modifique a cultura da sua empresa

A implementação do data driven implica em diversos aspectos, entre eles o desenvolvimento de uma cultura organizacional voltada para dados. Um dos maiores obstáculos é a crença e insistência dos gestores em seguir com seus pontos de vista e experiências como condutores para as próximas ações.

Analisar corretamente as informações será algo totalmente proveitoso para todos, visto que são muitos dados extraídos em tempo recorde que poderá ajudar em todos os processos organizacionais. 

Apesar de tudo o que o data driven proporciona é indispensável o suporte de uma equipe preparada para usufruir ao máximo todas as informações que a ferramenta disponibiliza e compreender definitivamente a relevância dos dados para a organização.

#03. Conte as melhores soluções tecnológicas do mercado

A tecnologia é um dos principais alicerces do data driven, já que os recursos responsáveis pela coleta de dados, emissão de relatórios e fornecimento dos insights são os melhores programas do mercado.

Por esse motivo, mais importante do que qualquer mudança que você promova no seu negócio é realizar uma verdadeira transformação digital. Leve em consideração as necessidades das áreas e a habilidade em armazenar o máximo de informações antes de escolher os sistemas adequados.

Conclusão

O data driven promove uma verdadeira mudança nas empresas apresentando um novo conceito a partir da utilização de dados. Essas informações ajudam na estruturação da organização através de informações seguras que ajudam no planejamento estratégico e no alcance dos objetivos.

Se você achou o tema relevante, não deixe de visitar o nosso blog para conferir outros conteúdos relacionados que ajudarão a sua organização a avançar rumo a novas conquistas. Até o próximo post!

Inscreva-se no CAMP10

Artigos Relacionados

LTV: saiba o que é e se realmente vale a pena investir nele

LTV: saiba o que é e se realmente vale a pena investir nele

Já parou para pensar quanto vale cada cliente que está na sua base? Quando falamos de valor não estamos lidando com a questão afetiva, mas de cifras. Cada um deles tem um custo e é fundamental para a empresa avaliar se os investimentos geram os resultados esperados....