Crescimento empresarial com a metodologia de desenvolvimento de startups

Escrito por: Cotidiano Aceleradora

10 de dezembro de 2021

Mulher pesquisando e aprendendo sobre crescimento empresarial

Todo empreendedor sonha em ver a concretização do seu crescimento empresarial, mas nem sempre sabe exatamente como fazer esse momento acontecer.

Você obviamente sabe que para chegar neste estágio é preciso muito trabalho e dedicação, certo? Porém, sempre há outros recursos envolvidos que ajudam a alavancar a sua marca.

Empresas ao redor do mundo utilizam de sistemas variados que ajudam na expansão do seu negócio para torná-lo mais rentável.

Alguns destes métodos ajudam no desenvolvimento de startups gerando excelentes resultados.

Quer saber quais são eles e como aplicá-los no seu negócio? Neste post vamos apresentar as principais metodologias que fazem parte da história de sucesso de muitas marcas.

Boa leitura!

O que é crescimento empresarial?

Podemos dizer que o crescimento empresarial é o que viabiliza o sucesso de uma empresa com o passar do tempo.

Em outras palavras, é o aumento da capacidade de entrega de demandas de um negócio. Ele deixa de atuar limitadamente para ampliar sua presença no mercado.

Uma empresa prestadora de serviços cresce quando atende a um número maior de pessoas. Já outra que atua no varejo tem o seu crescimento empresarial decretado quando aumenta a sua presença em muito mais pontos de vendas. 

É normal que as pessoas associem o crescimento de um negócio apenas com a capacidade de lucro que ela possui. Porém, o sucesso de uma organização vai muito além dessa concepção.

Houve um tempo em que as companhias focaram na sua  rentabilidade para  determinar o seu crescimento. Todos os recursos disponíveis  eram utilizados o máximo para a obtenção de lucro na sua quantidade máxima.

Com o avanço da ciência e tecnologia, novas formas de consumo surgiram e as marcas precisaram se adaptar ao comportamento dos seus clientes. Como consequência, outras estratégias foram adotadas para alcançar esses públicos dentro de uma nova perspectiva.

Como identificar a oportunidade para crescimento empresarial de uma marca?

Uma empresa pode crescer quando já houver rompido todas as barreiras estruturais, ampliando as receitas e os lucros através de técnicas adequadas. 

Diante deste cenário, a organização precisa elaborar uma estratégia de ampliação, trabalhando arduamente em prol do seu crescimento.

Quando a gestão possui discernimento o suficiente, ela já entende do seu negócio em todos os sentidos, em cada detalhe. É importante que conheça a fundo sobre o seu modelo de negócio, quem é a sua persona e a missão da companhia.

Além disso, é necessário que haja sintonia entre os sócios a respeito do que eles buscam, se os seus papéis estão bem definidos e há clareza dos valores. Sem essas questões estabelecidas, a organização não tem como expandir.

Finalizada esta etapa, é hora de organizar e desenvolver a marca. Estão inclusas nesta fase a estruturação de todos os processos, especialmente de áreas essenciais, como o financeiro e o comercial.

É importante que cada responsável esteja ciente do quanto o negócio oferece crescimento para todos os que fazem parte dele. Essas informações devem estar visíveis para utilizar quando necessário.

Concluídos todos os passos, agora sim, temos uma marca pronta para o seu crescimento empresarial.

Inclusive, se você quiser ampliar seus conhecimentos de crescimento empresarial, confira nosso conteúdo sobre como melhorar a captação de investimentos.

Quais os benefícios do crescimento empresarial?

O crescimento de uma empresa simboliza o quanto o modelo de negócio em que ela atua tem muita relevância para o mercado. 

É possível observar que nesta troca todos ganham, tanto o público interno quanto o público externo.

Lucratividade para os sócios, emprego, renda e realização profissional dos colaboradores, além da satisfação total do cliente.

3 metodologias de desenvolvimento de startups para o crescimento empresarial da sua marca

Chegamos no ponto-chave desse conteúdo, onde compartilharemos 3 metodologias que impulsionam o desenvolvimento de startups ao redor do mundo.

As startups são empresas que estão iniciando o seu negócio, bem no começo mesmo. Em função disso, seu porte é pequeno, porém possui um potencial enorme.

Há quem as considere um risco, já que o seu estágio inicial é visto como inseguro, podendo ou não avançar para outras etapas.

Para que as startups deem certo, além de muita força de vontade e dedicação, outras ferramentas são essenciais para que o crescimento empresarial dessas pessoas seja uma realidade.

É aí que entram em cena as metodologias. Através delas, é possível estruturar os processos, definir objetivos, acompanhar e mensurar os resultados.

Por isso, selecionamos as 3 metodologias mais utilizadas para desenvolver startups. Confira:

#01. Lean Startup

Considerada uma das mais antigas e conhecidas metodologias de todos os tempos, vamos começar com a Lean Startup, também conhecida como “Startup Enxuta”.

Ela é constituída de vários processos bastante utilizados por quem começa a empreender. Seu intuito é acelerar  o desenvolvimento de modelos, viabilizar a segurança do mercado e produzir itens a partir dos feedbacks dos clientes. 

Além disso, a Lean Startup é capaz de fazer com que a empresa chegue até o seu cliente de forma mais objetiva e eficaz.

A ferramenta é fundamental em um ciclo de 3 etapas, reproduzidas fielmente durante o período em que a empresa está em desenvolvimento.

Construir – Medir – Aprender

A metodologia tem como base o processo de fabricação enxuta, da Toyota. A empresa adota a filosofia de que sua prioridade é propor a solução mais rápida ao seu cliente.

Dessa forma, é possível otimizar os resultados, diminuindo a perda de recursos importantes.

A Lean Startup ajuda no desenvolvimento de startups porque encoraja o empreendedor a obter opinião dos seus clientes dinâmica e objetivamente, ao longo da execução do projeto. 

É indicada para empresas que estão analisando se suas ideias são possíveis de se transformar em realidade. 

#02. Customer Developement

Estamos diante de uma ferramenta bastante popular nas empresas, especialmente no âmbito internacional.

A metodologia Customer Development (ou Desenvolvimento do Cliente) é uma das mais eficientes, utilizada como base para o surgimento da metodologia anterior, Lean Startup.

Sua missão é dar suporte às startups ensinando qual o processo ela deve passar para encontrar o seu Product Market FIT. Ou melhor, o envolvimento do cliente com o que a empresa oferece.

A metodologia vai muito além do formato clássico aplicado pelas empresas, fazendo com que elas validem suas suposições sobre o mercado de modo eficaz.

Através do Customer Development, o responsável entenderá que tanto os fatores dos problemas quanto das soluções são pressuposições. Logo, elas deverão ser testadas, validadas e  reformadas.

Sendo assim, é possível aprovar a ideia  através do feedback do mercado e alterado o projeto inicial no decorrer do trabalho. Com isso, tudo será adaptado de modo a atender às necessidades e desafios dos clientes.

A metodologia Customer Development é indicada para empresas em busca de analisar tudo o que é relevante e compõe o projeto. Após isso, é possível tirá-los do papel e transformar cada um em realidade.

#03. Design Thinking

E, para finalizar, a terceira e última metodologia, ajudando os gestores no desenvolvimento de uma startup escalável  de forma criativa.

Há quem diga que não seria exatamente uma metodologia, mas sim uma abordagem, já que não existe modelo de aplicabilidade, apenas o ajuste que a marca necessita.

Seu foco é na solução de problemas de forma pública e eficaz. Com isso, o produto ou serviço é modificado a partir do feedback do cliente.

Visto que a empresa vai inserir  parte interessada no centro das atenções, o processo automaticamente se torna em algo mais abrangente e eficaz.

O objetivo do Design Thinking é fazer um levantamento e mesclagem do tempo de vida dos clientes, sua experiência cultural, de modo que seja possível enxergar amplamente os problemas. 

Tudo isso servirá para saber quais são os fatores impeditivos, retirá-los do caminho e quais são as possibilidades que a organização possui e utilizá-los.

Essa ferramenta pode ser utilizada por negócios de grande porte, mas se adapta também às médias e pequenas.

Conclusão

Como você viu, o crescimento empresarial indica o quanto o seu negócio expandiu e é importante no mercado em que está inserido. Contudo, seus resultados são obtidos através de muito esforço, dedicação e estratégias que envolvem metodologias transformadoras que ajudam no desenvolvimento de startups.

Gostou deste conteúdo? Leia muito mais no nosso blog, ou se preferir, entre em contato conosco. Até mais!

Inscreva-se no CAMP10

Artigos Relacionados

Aceleração corporativa: 3 dicas de como alcançar voos mais altos

Aceleração corporativa: 3 dicas de como alcançar voos mais altos

No mercado atual, a busca por métodos realmente inovadores vem se tornando uma prioridade para os gestores dos mais diferentes modelos de negócios. Desta maneira, muitas empresas estão comprometidas a investir em novos projetos, o que também ocorre por meio da...

Gestão empresarial e inovação: como se adaptar ao mercado

Gestão empresarial e inovação: como se adaptar ao mercado

A gestão empresarial é uma expressão utilizada para dar nome ao processo administrativo de ações estratégicas diversas.  Elas são aplicadas com o intuito de reparar as falhas, medir resultados, avaliar os problemas e trabalhar para que erros não aconteçam e/ou se...