Captação de Recursos: veja porque ela é essencial para uma startup!

Escrito por: Cotidiano Aceleradora

11 de fevereiro de 2022

Pessoa se exercitando para fazer captação de recursos

Para quem está começando, tem vontade ou já começou uma startup a captação de recursos é um assunto indispensável para quem está na área.

É uma alternativa que pode ser utilizada para diversas finalidades, mas qualquer que seja, uma coisa é certa: sanará todas as dores da empresa.

No universo startup a captação de recursos acontece em várias modalidades e situações distintas. É preciso saber qual será a mais indicada para o objetivo que a organização deseja atingir.

Se você está buscando formas de captação de recursos para a sua startup, continue lendo este artigo. Nele, nós falaremos sobre a relevância desse caminho percorrido por muitos negócios como o seu. Boa leitura!

O que é captação de recursos?

A captação de recursos ocorre quando uma organização busca por suporte financeiro por meios variados, que podem ser os sócios da empresa, instituições financeiras e fornecedores.

Os motivos que levam um empreendedor ou gestor a recorrer a essa a possibilidade são vários: ampliar os negócios investindo em maquinário novo ou na reforma de um setor, investir no desenvolvimento da equipe ou até mesmo quitar dívidas que impedem a empresa de avançar no seu planejamento.

Cada startup tem os seus obstáculos a superar e a captação de recursos é uma forte aliada para ajudar nesses momentos. Meios para isso não faltarão. O cuidado está no tipo de recurso captado e em alguns fatores importantes para o sucesso de todo este esforço, como, por exemplo, os frutos que a companhia colherá depois.

Qual a importância da captação de recursos para uma startup?

A captação de recursos é absolutamente fundamental para uma startup. É dessa forma que ela se mantém em pleno funcionamento, gerando receita, colocando novos produtos e serviços no mercado, enfim, fazendo o que ela deve fazer.

Olhando sob este ângulo, a ideia é que tudo pode e deve ser executado de forma muito fácil e simples, mas os bastidores revelam uma realidade muito mais adversa do que imagina. E é por isso que a captação de recursos entra como um grande apoiador em caso de extrema necessidade.

Infelizmente, é comum vermos que muitas marcas encerram suas atividades logo após pouco tempo de abertura. Isso acontece por vários fatores e um deles é a ausência de planejamento.

Pode parecer algo absurdo para os tempos atuais, mas é possível “esbarrar” em alguns empreendedores por aí que se garantem apenas no quão resoluto é o seu produto ou serviço, pensando que a sua eficácia é suficiente para cair nas graças do público sem esforço algum. 

Você, como alguém que responde pela criação ou apenas gerenciamento de uma startup, sabe que o negócio requer muito além do “achismo”. Investimentos na área de marketing e vendas, por exemplo, é essencial para uma empresa que sabe onde quer chegar, conhece bem o seu cliente e voltará às suas ações de modo  a considerar o seu produto ou serviço como solução para a resolução do problema dele.

O que você precisa saber antes de fazer captação de recursos

Antes de partir para o processo de captação de recursos é crucial que você compreenda bem a situação na totalidade. Faça a si mesmo 4 perguntas que ajudarão a expandir todas as oportunidades de sucesso que a sua startup pode ter:

  1. Em qual fase a sua startup está?

Geralmente, as startups possuem 4 fases:

  • Fase de criação;
  • Fase de desenvolvimento de protótipos;
  • Fase inicial;
  • Fase de crescimento.
  1. Para onde serão destinados os recursos obtidos?

O ideal é que você já tenha essa resposta imediatamente. E se você a tem, é porque planejou previamente cada necessidade que a sua startup possui. Dessa forma, não será preciso muito esforço para distribuir os valores que você conseguir captar

  1. Como fazer a captação de recursos?

Atualmente existem diversos tipos de captação de investimento. Todos eles, quando bem aplicados, trazem resultados expressivos para as organizações. Não há um tipo certo, existe o mais adequado para a necessidade da sua startup dependendo do estágio em que ela se encontra.

  1. Quanto de recurso será captado?

O que determinará a quantia que motivará a captação de recursos é o planejamento que você tem em mãos. Como um empreendedor responsável, você pedirá apenas o que o seu negócio necessita para alavancar, além de ter os argumentos plausíveis que justifiquem o pedido.

Sua postura pode influenciar diretamente na escolha dos investidores, que observarão cada passo que você der. Suas ações devem transmitir segurança para que eles percebam a sua startup como um negócio inovador e no qual vale a pena investir para colher os frutos no tempo certo.

Tipos de captação de recursos para startups

O setor financeiro passou por modificações ao longo dos anos. A evolução foi tanta que viabilizou a criação de novas possibilidades de captação de recursos para os empreendedores.

Anteriormente, abordamos em outro post do nosso blog algumas formas de investimento. Hoje traremos outros tipos não mencionados para você conhecer. Acompanhe conosco:

Venture Capital

Essa modalidade consiste num grupo de investidores de risco que adquirem uma parte das ações da empresa. Eles estão procurando organizações que já tenham um histórico de receita significativa. 

O Venture Capital atua como um recurso para impulsionar ao máximo os resultados da startup. Esse tipo de captação de recursos é mais adequado para empresas de pequeno e médio porte.

Venture Building

O Venture Building é uma junção do Venture Capital, aceleradoras e incubadoras.  Com ele, é possível obter não apenas a captação de recursos, mas também estrutura física e planejamento estratégico. 

Seu objetivo é dar suporte ao empreendedor na construção do seu negócio. Se comparado ao Capital Venture, por exemplo, este entrega muito mais vantagens, uma vez que há aproximação entre as partes envolvidas.

Com isso, há obrigatoriedades com relação à contratação de mão-de-obra diversas, captação de recursos, estratégias de marketing e vendas, entre outros.

Subvenção Econômica

Essa captação de recursos é feita através de recursos públicos sem possibilidade de reembolso. Diante do cenário, o investidor correrá riscos junto com a startup e isso inclui todo o custeio do projeto que ele escolheu investir.

O que fazer para sua startup se destacar no processo de captação de recursos e chamar a atenção dos investidores

Quando você se vê diante da necessidade de conseguir recursos para o seu negócio, sabe que para atrair um investidor, a sua empresa também precisará ser atrativa para outra parte. 

Não importa qual o tipo de captação de recursos, se eles virão de um parente ou um amigo mais íntimo, ou se sairá diretamente da conta bancária de um  empresário desconhecido que decidiu apostar na sua marca A confiança de um negócio promissor precisa transparecer para que o processo aconteça.

Por isso, é indispensável contar com um bom planejamento para que a sua empresa esteja bem apresentável. Não despreze os contratempos, conte com eles também. Isso ajuda a reforçar o quão inconstante é sua startup, justamente por se encontrar em uma situação que pede por reforços e assim transformá-la numa empresa sólida.

Confira abaixo 10 dicas valiosíssimas para você ter sucesso na captação de recursos para sua startup:

  1. O fluxo de caixa necessita de acompanhamento constante. Não negligencie essa responsabilidade;
  2. Separe as contas bancárias, bem como as suas movimentações. Não utilize conta corporativa para gastos pessoais e vice-versa;
  3. Celebre cada brecha que surgir e ajudará no crescimento da sua startup;
  4. Utilize métricas adequadas que apontem quais processos necessitam de ajustes e mostram os resultados de cada ação tomada;
  5. Adote a tecnologia como aliada da sua empresa. Conte com programas no seu dia a dia que otimizam o acesso a informações importantes da organização para todos os envolvidos;
  6. Tenha um capital de giro satisfatório;
  7. Planeje seus próximos passos pensando em cenários futuros, por mais que pareçam improváveis;
  8. Conte com uma equipe estruturada, focada e pronta para a ação sempre que precisar;
  9. Peça auxílio a profissionais que ajudem a garantir o controle de processos internos cruciais para o bom funcionamento da empresa;
  10.  Recorra a metodologias que levem  a gestão da companhia para outro patamar.

Conclusão

A captação de recursos é essencial para o desenvolvimento e sucesso de uma startup. Nós da Cotidiano ajudamos a acelerar negócios que tem tudo para ser um sucesso estrondoso no mercado.Entre em contato conosco e conheça mais sobre a Coti! Ficaremos muito felizes em te conhecer e saber como podemos ajudar a sua startup a chegar no topo. Aguardamos você!

Inscreva-se no CAMP10

Artigos Relacionados

Tipos de startups e como a sua empresa pode trazer novidade ao mercado

Tipos de startups e como a sua empresa pode trazer novidade ao mercado

Se você está pensando em trilhar pelo mundo das startups há muitas informações essenciais que não devem passar despercebidas. Não basta apenas ter uma ideia julgada inovadora, é preciso saber se de fato ela atenderá as necessidades do mercado. Além disso, existem...

4 dicas de como gerenciar cada fase da sua startup

4 dicas de como gerenciar cada fase da sua startup

Empreender não é uma tarefa fácil, mas com as ferramentas adequadas e o conhecimento sobre como fazer a gestão do seu negócio é possível alcançar os melhores resultados. Se você deseja saber como gerenciar cada fase da sua startup, este post foi feito especialmente...

Aceleradora de empresas: mais que uma escolha, uma necessidade

Aceleradora de empresas: mais que uma escolha, uma necessidade

Uma aceleradora de empresas é uma organização com foco em alavancar o potencial de crescimento que um negócio possui. Esse tipo de empresa integrou o universo empreendedor há pouco tempo, mas sua relevância é imensurável. Geralmente ela é formada por empreendedores e...