Perguntas Frequentes sobre o Programa de Aceleração

Preparamos um um FAQ sobre o CAMP com as dúvidas mais frequentes que recebemos ao longo do tempo.

Principais Marcos e Datas do CAMP

Quando acontece o programa de aceleração da Cotidiano?

Acontece duas vezes ao ano, uma no primeiro semestre e outra no segundo semestre.

Como faço a inscrição?

O processo de seleção é por meio do nosso formulário disponível em nosso website.

Quando ocorre o processo de seleção?

A medida em que vamos recebendo os formulários, nós já vamos analisando. Por isso que quando mais cedo você se inscrever, melhor.

Quando sei se meu projeto foi selecionado?

O próximo passo após a definição das empresas selecionadas, é realizar a divulgação. Nós fazemos esse anúncio através das nossas redes sociais e website. Em geral ocorre 45 (quarenta e cinco) dias após o encerramento do prazo de inscrição.

A acada etapa vamos notificando os inscritos sobre o avanço do processo de seleção.

Uma vez selecionado, qual é o próximo passo?

Realizamos a formalização da parceria entre a startup e a Cotidiano através da assinatura de um contrato. Depois é preparar-se para o início do CAMP.

Quanto tempo dura o processo de aceleração?

O programa tem uma parte de imersão, que chamamos de CAMP, em que as empresas passam 12 (doze) semanas em Brasília com nosso time de operação, mentores, sócios e parceiros. Depois do CAMP, continuamos acompanhando as empresas e suas métricas e apoiamos para que elas possam atingir as suas metas e novas rodadas de investimento para continuar o seu crescimento.

O que é o Demo Day?

O Demo Day é um evento reservado onde convidamos investidores, grupos de anjos, analistas de firmas de VC, empresas corporativas alinhadas com o ambiente de startup e outros atores do ecossistema de inovação para conhecer os projetos que foram acelerados durante o CAMP.

Processo de inscrição

Preciso preencher todo o formulário?

Não analisamos formulários incompletos.

Minha startup não é de Brasília, eu posso fazer a inscrição?

Sim. Aceitamos empresas de todo o Brasil. Hoje, mais da metade do nosso portfólio é de fora de Brasília.

Vocês trabalham apenas em projetos digitais?

Não necessariamente. Nossa expertise é em transformação digital. Em projetos fundamentados em tecnologia temos um maior valor agregado. Mas, eventualmente, podemos analisar outros perfis de projeto.

Quantas pessoas podem participar do CAMP?

Pedimos, no mínimo, dois participantes, sendo que um deles deve ser co-fundador.

É possível participar remotamente do CAMP?

Estamos sempre procurando melhorar a abrangência e cobertura, mas isso não retira a exigência de dois participantes presenciais durante a imersão.

Eu tenho dúvida sobre o formulário, como faço?

Entre em contato através de nosso website ou redes sociais. Veja também os vídeos sobre o formulário e leia o nosso contrato de mútuo.

Vocês assinam um acordo de sigilo para que eu possa inscrever minha ideia?

Não. Não iremos assinar um NDA ou documento similar, nem imaginamos que algum investidor ou aceleradora o faria nessa fase em que a startup se encontra.

Valores investidos e participação

Qual o valor que vocês investem?

São investidos até R$ 100 mil do nosso fundo em cada startup. Sendo que R$ 25 mil desse montante é para pagar os serviços da aceleradora. O valor restante é depositado em duas parte na conta da empresa, a primeira após a assinatura e na última semana antes do Demo Day

A Cotidiano define como eu devo usar o valor de investimento?

Não. Isso é por conta da governança da startup. Mas a Cotidiano passa a fazer parte do conselho da empresa após a assinatura do contrato de mútuo. A aceleradora também orienta a governança das empresas que são tipicamente do tipo sociedades limitadas no modelo de sociedades anônimas. O que é considerado “melhoes práticas” ou mesmo exigência para alguns fundos de investimento.

Qual a participação que a Cotidiano busca da minha startup?

Utilizamos o instrumento de mútuo conversível para a realização dos investimentos nas empresas do CAMP. Dessa forma, a participação em ações é definida apenas com a próxima rodada de investimentos e será de *até* 10%. Além disso, fica claro o objetivo a ser atingido pelas startups para o próximo round de investimento.

Sendo um contrato de mútuo conversível, nossa empresa terá que devolver o dinheiro?

Não. Não seremos cretinos a esse ponto. Embora o contrato tenha essa possibilidade, estamos fazendo um investimento de risco. A única eventual exceção, são casos de má-fé dos fundadores.

Perfil das startups procuradas para a aceleração

 

Tenho uma ideia posso me inscrever?

Não investimos em ideias. Procuramos projetos com mais ciclos de aprendizagem validada usando, preferencialmente, as metodologias de Customer Development e Lean Startup.

Já fizemos algumas validações de nosso projeto, mas ainda não temos um protótipo funcional ou aplicativo publicado, podemos nos inscrever?

Não é o que buscamos, mas, eventualmente, se compreendermos que o seu projeto é realmente inovador ou usa uma tecnologia novíssima que é inviabiliza muitos ciclos de prototipação, podemos considerar.

Então, qual o estágio que vocês procuram?

Procuramos projetos que encontraram um grande mercado desassistido e tenham alguns estágios de validação de suas hipóteses de problema/solução. Já tenham lançado, no mínimo, um MVP e foram ao mercado validar esse protótipo numa lista inicial de clientes.

Quantas pessoas podem ter a minha startup?

Não definimos o limite. Mas dificilmente uma empresa chegaria nesse estágio com uma pessoa apenas. Então imaginamos que você tenha ao menos um co-fundador. Também não esperamos encontrar mais de 5 pessoas no contrato social, isso já seria um número muito substancial. Procuramos essencialmente times balanceados cujo os fundadores tenham habilidades complementares e com uma forte capacidade de execução.

Minha startup já recebeu investimento anjo ou participou de um programa de pré-aceleração, posso participar?

Sim. Não há problemas. Durante o processo de “due dilligence” a startup selecionada deve mencionar esses contratos.